Bucco

(41) 3656-3653

Eventos

Cultivo de hortaliças em ambiente protegido

A produção de hortaliças em ambiente protegido (estufas) teve início na região metropolitana de Curitiba em meados dos anos 80. Naquela época houve um incentivo muito grande por parte da extensão rural do Paraná com a implantação de estufas modelo capela. Este modelo de estufas foi sendo aos poucos deixado de lado por nossos agricultores devido ao alto custo de implantação, uso demasiado de madeiramento na construção, mão de obra especializada para instalação e, principalmente, pelo surgimento da estufa modelo Hermano.

O túnel Hermano, como é conhecido, vem sendo utilizado pelos nossos agricultores desde 1995 com grande aceitação devido a sua simplicidade na instalação, baixo custo e praticidade no manejo. Para a instalação do túnel Hermano são utilizados tubos de PVC e o custo aproximado para a instalação gira em torno de R$ 6,00 por m2.

A grande vantagem da produção de hortaliças em ambiente protegido é o controle adequado das condições climáticas, principalmente durante o inverno. Ou seja, controle de temperatura, umidade relativa do ar e incidência de geadas. A temperatura é um fator que influi em todas as fases do desenvolvimento das plantas. É necessário manter a rotina diária de abrir e fechar a estufa, mesmo nos dias mais frios, procurando deixá-la aberta nos horários mais quentes do dia, ou seja, entre 10h e 15h, com o objetivo de renovar o ar e controlar a umidade interna, sendo que esta deverá variar de 50% a 70%.

Ainda podemos citar outras vantagens do uso de estufas agrícolas:

- Proteção contra chuvas (chuva em excesso prejudica o desenvolvimento das plantas, além de aumentar a incidência das doenças fúngicas).

- Uso mais eficiente da água e adubos.

- Melhor aproveitamento da mão de obra.

- Maior produtividade do produto colhido.

- Maior rentabilidade para o agricultor.

PLASTICULTURA

Na nossa região o uso mais intenso da plasticultura tem sido aplicado para culturas como o morango, folhosas, produção de flores, produção de mudas de hortaliças, pimentão e tomate. Estes dois últimos em período de meia estação. A prática da plasticultura é uma tecnologia que faz com que o agricultor use técnicas mais avançadas de produção. Ou melhor, sempre que a produção for dentro de estufas o sistema de irrigação deverá ser o gotejamento que é a alternativa mais eficaz. O uso do gotejamento obriga o agricultor a utilizar fertilizantes mais eficientes, pois há a possibilidade de se fazer a fertirrigação, além de poder utilizar tecnologia de ponta.

É com investimento em tecnologia de ponta que o produtor rural poderá oferecer um produto de melhor qualidade, de maior produtividade e de baixo custo de produção, o que, consequentemente, vai torná-lo mais competitivo no mercado.

Carlos Renato Bucco

Engenheiro Agrônomo – CREA – 16.905 – D/PR

 

Rodovia da Uva, 5690
Colombo - PR
83414-300 Ver Mapa

Segunda a sexta-feira:
das 8h às 17h30

Sábados:
das 8h às 12h

(41) 3656-3653
As imagens exibidas são meramente ilustrativas. Todos os direitos reservados. Powered By Totalize Internet Studio.